foto 2 capt tela corte

foto 1 capt tela

 

No final dos anos 70, uma jovem baiana nascida em Mar Grande, na ilha de Itaparica, e que se formou em engenheira e arquitetura em Belo Horizonte, veio morar em Porto Seguro. Para começar a vida, no centro da cidade, abriu o restaurante Casa da Esquina, que marcou época, ao mesmo tempo em que desenvolvia os primeiros projetos para a construção civil. Era um tempo em que a cidade se modernizava com a inauguração da BR 101 e desenvolvia os primeiros movimentos para receber turistas. Maninha Copony viu tudo isso acontecer, mas o mundo a chamava.  Deixou a Bahia e foi viver alguns anos entre a Europa e Estados Unidos. Quando retornou, no último dia de 1979, se instalou na cidade vizinha, em Santa Cruz Cabrália, mais precisamente no pequeno povoado de Santo André. Comunidade com menos de 500 habitantes, travessia do rio João de Tiba ainda de forma primitiva, mas foi ali que escolheu para construir sua casa e uma marcenaria. Deixou as panelas de lado, e abraçou os sonhos de projetar e construir.  Numa casa no alto do outeiro, acesso difícil no meio da mata Atlântica, ela se instalou. Sem luz elétrica, com muita paz e um visual incrível. 

 

Em 2012 chegou Andrea Peña, desenhista gráfica de Buenos Aires e começaram a trabalhar juntas. Construções, maquetes, projetos, até que em 2018 pararam com tudo para dar início a uma realização:  luminárias. Talvez a pouca luz nos primeiros tempos em Santo André, os troncos de árvores encontrados pelos caminhos, tenham ficado na memória e inspirado o projeto que as levou a hoje ter um atelier no meio da mata. Daí o nome, Luz da Mata. Viver com a luz, de forma sustentável e criativa, esta é a proposta.

 

O catálogo é inspirado na natureza generosa e preservada da região. Tem luminárias de vários estilos, arandelas, abajures de pé, para ambientes internos e para o jardim... Em forma de flor, com jeito de gafanhoto ou louva Deus, como uma grua, um arco, uma torre, com jeito de coruja, um bloco de cimento ou um simples eucalipto. O atelier Luz Mata é formado por um grupo que garimpa materiais recicláveis e os transforma em luminárias lindas e criativas.

3 capt tela  4 capt tela 

 

Ah! em tempo: além das luminárias, o atelier faz bancos, feitos com aproveitamentos de troncos de velhos de coqueiros que têm suas copas quebradas com a força do vento. São um achado, perfeitos para os mais diversos estilos de casas e seus diversos ambientes.

7 captur tela  6 capt tela

 

Como encontrar :

@luzdamata.ba

www.luzdamata.com

+55 (73) 99191-8189
+55 (73) 99823-3968

Segunda à Sexta: 8:00 às 16:00
Sábados: 8:00h às 13:00h