joao

DO IASA PARA A ORQUESTRA ACADÊMICA MOZARTEUM BRASILEIRO

O menino de 8 anos que corria no quintal tocando flauta ao violinista de chapéu panamá no palco do Festival de Música em Troncoso, foi uma bela trajetória para João Antônio dos Santos Lopes. Aluno do IASA  - Instituto Amigos de Santo André (Vila de Santo André, Santa Cruz Cabrália) com determinação aperfeiçoou os estudos, escolheu o violino como seu instrumento e foi escolhido pelo Maestro Carlos Moreno a integrar nesta temporada a Orquestra Acadêmica Mozarteum Brasileiro (OAMB) que tem direção artística de Sabine Lovatelli. A estreia da orquestra executando o Hino Nacional ocorreu sábado 3 de março na 7a edição do festival Música em Trancoso.  Assim como ocorre em eventos musicais de grande tradição – como o Festival de Bayreuth, fundado na Alemanha pelo compositor Richard Wagner há quase 150 anos – o festival Música em Trancoso passou a contar com orquestra própria.

joao3

No festival, além de realizar espetáculos com solistas consagrados, a OAMB desenvolve intensa atividade – em ações de educação musical nas escolas da região do sul da Bahia, em concertos gratuitos ao ar livre, em masterclasses nas quais os músicos podem se aperfeiçoar com mestres vindos das melhores orquestras do mundo. João foi galgando cada passo, abrindo cada porta que que surgia e conquistando seu lugar. Além do festival Música em Trancoso, a OAMB realiza concertos ao longo do ano voltada para o desenvolvimento de talentos, e se renova a cada ano, com a proposta de proporcionar oportunidades e vivências artísticas para o maior número possível de músicos brasileiros. Bolsas de estudos, algumas delas em renomadas instituições musicais europeias, também são oferecidas para o aprimoramento dos músicos da orquestra. Colaborando pata o fomento musical no Brasil, o Mozarteum Brasileiro formou a Orquestra Acadêmica Mozarteum Brasileiro, dando oportunidade a jovens musicistas como João, o menino de Santo André ....  

joao5   joao6